Vídeo Rota da Seda

Praticamente um ano após o nosso retorno, finalmente terminamos o vídeo da Rota da Seda. Uma viagem da Turquia para o Curdistão e Norte do Iraque, Irã, Turcomenistão, Uzbequistão e Republica Karakolpak, Cazaquistão, Quirguistão, China/Xinjiang, Paquistão e Índia e Caxemira.

A ideia era fazer um lançamento em um telão, ou fazer uma reunião para a primeira exibição. Alguns fatores inviabilizaram isto no momento, e de qualquer forma, acredito que os leitores do blog devem ser os primeiros a ver.  Quem nos acompanha com frequência merece!

Espero que gostem…

Anúncios

12 comentários em “Vídeo Rota da Seda

  1. Acompanhei esta trajetória, sei das conquistas deste ser humano desbravador Guilherme não o Marco Polo…rsrsr Gui é aquele ser humano que percebe e sente o mundo de forma única, e a felicidade esta em transportar para os outros seus olhares e suas culturas, de preferencia antes que a “civilização” modifique a forma natural e pura do povo…Valeu Gui tem todo meu respeito e admiração.!!bjs

  2. Simplesmente sensacional, foi um prazer fazer parte de todo o aprendizado e vivencias disponíveis nessa viagem. Fico a disposição para a próxima hahaha Grande Abraço

  3. Olá…..estou tentando construir um texto sobre a rota da seda….s tiver como vcs me pssarem aquele mapa que passa no video via email ficarei muito grata. Se vcs tiverem textos ou artigos q descrevam essa maraviolhosa experiencia e puderem passar pra mim ficarei agradecida..

    abraços aguardo resposta

  4. Cara, totalmente excelente!! Parabéns pela coragem e força de vontade de embarcar numa empreitada desse nível.
    Se puder me tirar uma dúvida, tenho 4 semanas para fazer esse trajeto.. tem algo para indicar? Estou começando a ler sobre os lugares e tentando me situar para traçar o roteiro..
    Abs e boa sorte nas próximas viagens!!!

    • Então Victor, com somente 4 semanas, vai ter que voar entre as capitais. Não só pelo tempo dos transportes, mas pela questão dos vistos.
      Trem de Istambul até Teran, viaja pelo Irã antes de pegar um voo para Tashkent, já com a carta convite na mão para tirar o visto na chegada. Voo para Bishkek, que já não precisa de visto, e vai para Kashgar por terra, precisando estar com o visto chines na mão. Acho difícil vc encaixar o Paquistão, que é fantástico, por uma questão de tempo. Qualquer coisa da um toque.

      Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s