Sobre o Blog

O “Saiporai”  iniciou como uma forma de manter contato com os amigos e família, quando saí para minha viagem de “Volta ao Mundo” no início de 2009. Minha esposa, Bibi,  encontrou comigo alguns meses depois, e teoricamente viajaríamos um ano. Acabamos viajando quase três, voltando para o Brasil em novembro de 2011.

O Blog cresceu, conheci várias pessoas que comentavam com frequência, fiz amigos e, lancei meu primeiro livro. Deixava de ser somente daquela grande viagem para escrever também sobre outras viagens que fizemos de lá para cá. Nem todas as viagens foram postadas, somente as mais autênticas. Com calma, vou começar a postar relatos de viagens que fiz no passado. Algumas viagens mais detalhadas e outras terão somente seu roteiro postado.

Este não é um blog de dicas de viagem, é de experiências de viagens. Claro que se pode encontrar muitas dicas, mas acredito que cada um tem sua própria experiência, e que as melhores coisas de uma viagem acontecem por acaso, entre as “principais atrações”, portanto não podem ser recomendadas.

Sobre o autor:

Eu

Eu

Sempre fui apaixonado por viagens. O que mais me motiva a viajar é entrar em contato com o desconhecido, com o diferente. Gosto de chegar em um lugar novo, não saber como as coisas funcionam, e ir aprendendo com isto. Como um amigo nosso disse uma vez, o famoso frio que dá na barriga, chega a viciar como uma droga pesada. Busco fugir desta globalização/padronização que o mundo quer se tornar. Quero ver e aprender com o diferente.

Sou ativo, louco por esportes, mas os melhores momentos que tive em viagens foram contemplando a natureza e as pessoas. Sou um amante da natureza e adepto do turismo cultural, em todos os seus aspectos, desde costumes, político-social e religioso.

 

.Bibi

Bibi

Bianca Soprana Canever, minha querida esposa, aquariana, psicóloga, amante de filosofia, muito contemplativa, estudou religiões comparadas durante a viagem e ama conhecer as pessoas e a vida que levam.  Tem feito diversas palestras e workshop sobre a viagem, autoconhecimento e análise vocacional. Alguns dos mais abordados: “Entre o Oriente e o Ocidente” e “Meu papel no mundo”.

Tem o blog tambemsai (clique aqui) e a página nesse blog (clique aqui).

68 comentários em “Sobre o Blog

  1. Muito bacana, não só a iniciativa mas como o blog, e possivelmente o livro também. Quando li a reportagem hoje, na globo.com vim direto ao blog.
    Continuem escrevendo e parabéns por toda a diversão/trabalho/experiência.

  2. Li sua reportagem sobre a viagem à Bosnia Herzegovina, meu marido é Bósnio, eu morei lá alguns meses e não concordo com alguns comentários que vc fez, a guerra não tem nada a ver com tolerância, mas com princípios políticos e só vivendo imerso na cultura é que lhe dá o direito de opinar sobre um país.

    • Oi Mirna, tudo bem?!
      Releia o que escrevi: “Foi uma guerra ou politica ou religiosa…” só estava mostrando que etnicamente os povos não eram diferentes, já que muitas pessoas falaram em limpeza étnica. Acredito que temos a mesma visão, foi uma guerra política, então não entendi.
      Eu questiono de forma sarcástica de que quando um Muçulmano mata alguém é um problema religioso, e quando um cristão mata é politico. Quando digo isto não estou afirmando que tudo é religioso, mas sim que tudo é politico.
      É fantástico morar em outros países, eu já fiz isto. Mas temos que tomar cuidado, pois temos a tendencia em ter uma relação unilateral, adotando um só ponto de vista.
      Tive o prazer de conversar durante horas com Sérvios, Bósnios e Croatas. Somados a mais alguns livros e filmes formei a minha opinião (recomendação de livros sempre são bem vindas!). Acredito que “lhe dá do direito de opinar” foi um pouco forçado da sua parte, já que posso mostra a MINHA opinião. Seja bem vinda e terei o prazer de discutir tópicos sobre este ou demais assuntos.

  3. Incrível o blog e muito inspirador. Eu que amo viajar fico fascinada com as histórias. Aumenta a vontade de me aventurar por esse mundão. Parabéns!

    • Obrigado Januza!
      Sempre é bom descobrir lugares novos, né?! E uma viagem normalmente inicia por uma leitura, planejamento…
      keep traveling!

      Abs

  4. Fala, Guilherme!

    Antes de qualquer coisa, parabéns pelo livro! Comprei assim que li a reportagem na Globo.com e li de uma vez assim que chegou. Muito bom e gostoso de ler!

    Eu já li vários relatos de pessoas que viajaram pela África e você foi a que teve a melhor impressão do povo africano (ou pelo menos, a minha melhor impressão da impressão de vocês todos). Parece que a grande maioria das pessoas com que cruzou eram super amigáveis. Talvez seja uma visão deturpada minha pelo fato de você focar mais em relatar as experiências agradáveis. Teria como você elaborar um pouco mais nesse aspecto? Talvez passar uma visão um pouco mais realista do quão receptivo e aberto é o povo africano em geral (ainda que seja uma generalização beeeem estúpida).

    Enfim, seu livro mudou completamente (e pra muito melhor!) a minha visão do povo africano. Em um outro relatos que li ( http://www.expeditionportal.com/forum/threads/50799-Democratic-Republic-of-Congo-Lubumbashi-to-Kinshasa ), por exemplo, o cara escreve “Occasionally (and I must admit, it was a rare event) we met nice people.” E era basicamente isso que eu esperava. 95% das pessoas vão tentar tirar proveito de você e os outros 5% vão fazer valer a pena a viagem. É narrado por um casal belga que atravessa o Congo em um 4×4 e tem várias histórias e fotos interessantes… inclusive transcritos relatando, ainda em 2006, a presença de exércitos canibais no país.

    Há um tempo eu venho cogitando a ideia de fazer uma viagem pela África, mas todas minhas estimativas de gastos foram extremamente desanimadoras. Eu já li quase todo blog e muito me chamou a atenção quando você disse que gastou, em média, US$20-30/dia nessa viagem. E eu não consigo chegar nem perto disso!

    Um exemplo: cada perna América-África sai por ~R$4.5k, considerando que vamos comprá-las separadamente. Consideremos gastos reais de US$10/dia. Diluindo os R$9k ou US$4.5k das passagens para chegarmos a média (agora incluindo os vôos Am-África) de US$20/dia, precisaríamos de 450dias ! Isso sem contar nenhum outro voo (dei uma olhada agora e Mozambique-Madagascar ta saindo a US$3.5k!)…

    Tem como você me dar uma luz? Por favor, me diz que eu to sendo estúpido e tem uma maneira de economizar com isso tudo!

    Um abraço!

    • Oi Victor,
      que bom que você gostou do livro!
      Suas perguntas são bem pertinentes, quando estamos planejando as coisas sempre parecem mais difíceis.

      Custo:
      Veja bem, eu peguei um voo para a Africa do Sul e outro para Madagascar. Vamos falar em preços atuais, 2013. Passagem para a Africa do Sul te sai em media 1000 usd, estes dias teve promoção por pouco mais de 700 usd no melhoresdestinos. Para Madagascar os voos são mais baratos de Nairobi e em segundo lugar Johanesburgo. Vai te custar algo entre 500 e 700 usd. Eu viajei por mais de 6 meses na região,sempre por terra, então dilui bastante. Não fiz atividades como ver os gorilas (uns 500 usd para meio período) ou passear de balão. Mas fiz safáris, que são caros. Por outro lado, passei dois meses acampando, muitas vezes não pagando o que diminui bastante o custo. Comida pode ser cara em restaurante, mas muito barata nos mercados. Moçambique é um país relativamente caro, mas é possível encontrar PF em mercados por meio dolar, um kg de peixe por um dolar e por aí vai…
      Mas a região leste/sul da Africa não é barata, principalmente considerando o custo benefício. Africa Do Sul-Djibouti e Ruanda maltratam qualquer bolso. Ruanda utilizamos albergues de igreja (quartos particulares) para fugir dos altos preços de hotel. Nas grandes cidades é possível fazer couchsurfing. Países muito baratos como Etiópia a qualidade cai bastante, mas pagar 2 ou 3 usd por pessoa em um quarto não é nada mal.

      Passar mais tempo em países baratos também dilui bastante a média.

      Dificuldades, pessoas..
      Viajem pelo RDC não é parâmetro. É provavelmente um dos destinos mais difíceis do mundo para se viajar!! Leia Blood River, um cara que atravessa o RDC só com transporte local, barco, moto…
      O país é um caos, infraestrutura, corrupção e muitas regiões com milícias e guerra civil.
      Já viajar pelo leste/sul da África, seguindo a “rota principal” é relativamente fácil. Mas recomendo sair da rota principal.

      O casal que vc mencionou do livro viajou de 4×4. Isto causa um impacto diferente nas pessoas de quando vc viaja com transporte público. Existe uma barreira clara. Vc vai viajar por países muito pobres, e é inevitável que vão te pedir dinheiro por exemplo. Vc tem que aprender a lidar com isto externamente e internamente. Mas a tendencia é que isto aconteça mais nas zonas turísticas. Quanto mais vc se afastar destas zonas, menos pedintes vão existir e mais pessoas vão te ajudar. Na região existe um censo comunitário muito forte, onde o coletivo vem antes do individual. O grande segredo é quebrar a barreira, ser aceito. Claro que vc sempre vai ser um muzungu, eles sabem disto. Mas pegando os transportes com eles, comendo com a mão, dormindo na beira da estrada até chegar o outro transporte se o ônibus quebrar, todos são iguais. Tua origem, teu dinheiro, não muda nada.
      A experiência foi fantástica em relação ao povo. Uma simplicidade, humildade e coletividade que são inspiradoras.

      Se precisar de ajuda quando for montando a tua viagem é só falar! Como já imaginava, eu altamente recomendo!

  5. Guilherme, bom dia!

    Existe algum e-mail para que eu possa tirar algumas de minhas dúvidas com você? Estou lendo sua viagem e, mesmo ainda no início, estou encantado. Sempre foi um sonho!
    A vontade de fazer algo semelhante (para não dizer que queria exatamente como a sua haha) é enorme. Porém há várias coisas que devemos levar em consideração antes de tudo, como o financeiro.
    Se possuir algum e-mail que possa usar para eu ter minhas dúvidas sanadas, agradeço.

    Pedro Melo.

    Ps: estou escrevendo a mesma mensagem pra Bianca, na esperança de ser atendido por um dos dois.

    • Oi Pedro, que legal que vc está empolgado!A ideia de dividir a viagem pelo blog é esta mesma.
      Não sei se você já viu este link com perguntas e respostas que já foram feitas: https://saiporai.com/perguntas-respostas/

      Você pode fazer perguntas nos comentários daquele post, ou mandar para guicanever@gmail.com caso não queira ser identificado. Depois copio e colo sem seu nome 😉

      Estou indo viajar esta semana e tentarei responder antes de partir. Se não respondo depois. Mas sempre vai receber uma resposta!

      Abraço,

  6. Eu estou absolutamente encantada com a história de vcs! Melhor programa do Jo que já vi!!!
    O entusiasmo de vcs contando as historias, a simplicidade e a simpatia me deram uma ENORME vontade de colocar em pratica o meu desejo de viajar pelo mundo também.
    Não vejo a hora de ler todos os textos do blog de vcs, ver as fotos…
    PARABÉNS, não tenho outra coisa para dizer!
    🙂

      • Você está certo em conhecer o mundo só assim saberemos onde moramos devemos descobrir as belezas que o mundo nos reserva eu assisti sua entrevista no programa do jó espero que você escreva mais livros e que você seja bem reconhecido no mundo todo um forte abraço a você e sua esposa.

  7. Blog maravilhoso…cheio de conhecimento…de detalhes incríveis. Fotos lindas mas a escrita é tremenda. Amo viajar, pessoas, cultura, costumes….e amei ve-los no Jô para saber de voces. Deus os abençoe e muito mais caminhadas.

  8. Olá Guilherme!
    Fantástico a sua iniciativa e da sua esposa!!! Viajo a trabalho com meu Pai, mas apenas no meu estado RS e Uruguai e Argentina, e sempre busco curiosidades locais… Com isso me desperta vontade de conhecer o mundo! Tenho a intenção de conhecer os lugares em que vejo em livros e revistas e reportagens,.. meu sonho é desbravar a America Latina mas camionete ou até mesmo a Europa trabalhando de caminhoneiro como um conhecido… Com tudo quero te dar os parabéns por tua coragem de desbravar o mundo e a tua bagagem de cultura fantástica!!!! Abraços!!!

    • Obrigado Rodrigo!
      Pois ‘e, o mundo e tão grande e cheio de curiosidades. Basta nos termos vontade! Va atrás deste teu sonho!!

  9. Adorei a entrevista no programa do Jô. Dei muita risada com a Bianca contando sobre o “VISA”..rsrsrs. Muito boa a iniciativa de largar tudo e conhecer o mundo. Meus parabéns!!!! Abraços!!

  10. Oie Guilherme!
    Adorei a entrevista de voces ontem no Jô.
    Deve ter sido Fantastico essa experiencia de vida de voces.

    Quero saber como faço para compar o Livro?
    Morro no interior do estado de Rondonia e aqui é muito dificil, tem algum site ?
    Me encantei pelas historias, só amante da Literatura.

    E quero Parabenizar voces e tua esposa pela coragem e força porque é um desafio e tanto.

    Ha e diz há Bianca que ela é muito Simpatica, ri demais dela, ela é figura.

    Beijos e Sucesso a voces.

  11. Olá, vi vocês no programa do jô e fiquei deslumbrado com o espirito aventureiro que me contagiou. Sou apaixonado por viagens, já rodei por esse Brasil de Sul a Norte e Nordeste e tb pelo Mercosul, mas sempre alimentando o sonho de conhecer o mundo. Só tem uma diferença, não sou mochileiro, (que acho mt legal tb), sou motociclista nato e fissurado por duas rodas. A próxima viagem é contornar por toda a América do Sul, passando por todos os países sul-americanos. Gostei mt do seu Blog, estou vendo e lendo um pouco por dia tirando muitas dúvidas e colhendo muitas informações interessantes. Parabéns pelo Blog e pelo seu espirito aventureiro.

  12. Ola, vi somente ontem dia 22/05 que vi voces no JO, achei muito interessante o que vcs fizeram, vivo nos EUA, e gusto de entrevistas com pessoas que contam suas aventuras pelo mundo. Parabens,.
    Agora vcs precisam melhorar uma coisa no blog, este espaco para comentarios precisa ser mais facil de localizer, gastei um tempao para encontra-lo, no resto tudo bem. Parabens e continuem.

  13. tenho muita vontade de sair pelo mundo ,viajar e conhecer tudo como vcs, fiquei super interessado depois da entrevista que vi de vcs, super bacana a iniciativa e tudo que foi falado, sem contar que vcs dois são duas pessoas super bacanas pelo visto. Gostaria de saber se vcs teriam alguma dica pra passar pra quem tb pensa em viajar ,com pouco dinheiro e com toda a dificuldade que é conseguir sair do brasil e tudo mais. obg

  14. Olá. Ao Casal .
    Bem, estive olhando seus vistos e varios deles tambem tenho em alguns passaportes e recordei de minhas viajens por Africa/Asia/Caribe/America
    do Sul/Central/Norte e Europa . Durante 2001 a 2003 viajei mas via aerea.

  15. Olá Guilherme e Bianca, vi a entrevista de vocês no Jo e fiquei super interessada no livro. Pois bem, já comprei e estou levando comigo na minha viagem de férias a Curitiba! Parabéns pelo trabalho e já estou aguardando o próximo!

    • Oi André, agora que vi que não falei nada sobre meu trabalho!
      Claro que trabalho, antes e depois das viagens, mas não durante.

      Abraço

  16. Olá Guilherme,
    Cara, vi sua entrevista no Jô, muito boa mesmo. Com certeza está sendo um bom exemplo para todo mundo que tem um mochileiro escondido dentro do corpo esperando algum movimento brusco para aflorar. Legal saber que o seu avô é geólogo e te inspirou nessa aventura animal. Só para constar, sou geólogo e viajo bastante, e o seu blog me inspirou para ir pra África (inclusive sua dica para mim lá no mochileiros.com) e estou indo em agosto (apenas por 40 dias), mas espero fazer algum role como o seu no futuro.

    Um grande abraço e aguardo o próximo livro.

    • Dai Paulo Henrique,
      Fico muito feliz por influenciar pessoas a viajar por este continente maravilhoso.
      Que legal que tua viagem esta chegando! Tenho certeza que vai gostar! Se voce puder tirar fotos com o livro la, agradeceria. O pessoal ta mandando fotos de animais, lugares turísticos e pessoas segurando meu livro nos paises que ele relata. Nao sei se vc viu la no Facebook.com/Saiporai

      Grande abraco,

  17. meu apaixonei pelo seu blog e da sua esposa, a entrevista no Jo foi fantastica e divertida eu e minha esposa amamos viajar nao somos mochileiros mas adoramos conhecer novas culturas , em agosto estamos indo para o vietnam, vcs sao grandes inspiracoes!!!

    • Oi Paulo,
      Eu não levei nada muito sofisticado, maquina simples, justamente para não ficar me preocupando. Hoje teria levado um HD externo, mas na época ainda era caro. Baixava em DVD e mandava para o Brasil pelo correio ou por alguém quando encontrava. Mantinha um backup até ter certeza que tinha chegado e estava seguro.

      Abraço,

  18. olá! meu nome é victor e, no ano passado (2012), fiz um mochilao de 10 meses pelo mundo, passando por diversos países que voces conheceram desde a ásia até norte da áfrica. gostaria muito de conversar/trocar alguns e-mails com vocês, se nao for um incomodo, claro!! aguardo ansiosamente uma resposta!! obrigado!

  19. Tive ACESSO a sua entrevista no programa do Jô ontem , é incrível … Eu também estou querendo desvendar esse mundo já conheci 23 países e vou fazer mais 5 esse final de ano !!! Eu tenho 26 anos sou do interior de Goiás , e atualmente vivo na Alemanha , se estiver por aqui algum dia podemos tomar um café , minha noiva é da bielorussia e vamos juntos nessa jornada , pouco dinheiro no bolso mas muita vontade e coragem de enfrentar esse mundão

    • Oi Italo, tudo bem?!
      Que legal que vc chegou até o blog! Esta entrevista tem um tempo mas gera bastante trafego para o blog 😉 Muito bom!! Foi divertida, né?! Alem de longa.
      Editei teus contatos para aprovar o comentário, mas estão devidamente anotados! Se vier para Curitiba te estendo o mesmo convite!
      Boa sorte, boas viagens e vamos nos falando!
      Abraço

      • Tudo bem obrigado !!!

        Foi uma entrevista muito divertida , e eu também como amante das viagens entendi bem o que vcs disseram , talvez hoje no mundo capitalista as pessoas querem juntar tanto dinheiro que esquecem de viver , de ver , de Sentir , o Mundo é muito top e o melhor que vc pode conhecer ele de carro , de caminhão de ônibus de avião , de pé 2 de bicicleta , basta ter coragem e determinação!!!

    • Oi Tania,
      a moeda de lá é o Novo Manat, que tem valor muito próximo do dólar americano.
      Ficamos num apto alugado pelo AirB&B mas no final das contas funcionava como hostel. Não gostamos muito não, então não recomendo. Os preços de lá não são dos melhores, difícil achar lugar bom e barato.
      abs

  20. Oi Guilherme, ha algum tempo escrevi pra voce aqui (nao sei onde esta) falando que ja tinha lido seus dois livros e estes me inspiraram ainda mais a enfrentar o mundo.Bom,estou no meio dela,ja estou em meu decimo pais (Coreia do Sul, por isso a falta de acentos) e estou amando.Passei um bom viajando pelo interior de Oma e foi demais.Pena que, pela instabilidade politica, nao deu pra ir ao Iemen igual a voce.Acredita que depois que fui embora fiquei sabendo que tinham criado um voo de Mascate pra Socotra?Paciencia, fica pra uma proxima.Meu roteiro ainda nao e tao desbravador quanto o seu,mas eu chego la (quando e se minha namorada deixar ;( ).Porem, com certeza,passarei um bom tempo no Ira seguindo suas dicas, de onde partirei pra Africa e pretendo visitar a Somalilandia (culpa sua, hehehehe).
    Mas estou escrevendo so pra te agradecer mais uma vez, continuo seguindo seu blog e indico pra todos que acham minha viagem “louca”.
    Nao tenho disciplina pra fazer um blog,e tambem sou mais de observar que tirar fotos, mas tenho postado algumas no Instagram: voltaaomundo_
    Obrigado meu amigo e grandes viagens pra nos todos.

    • Poxa Rodrigo, fico muito contente com o teu comentário! Serio mesmo. É a recompensa do trabalho que da manter um blog 😉
      Vou te seguir no Instagram com certeza. Boa viagem, aproveite e continue comentando por aqui sempre que der 😉
      Grande abraço e quero saber mais dos destinos!

  21. Oi Guilherme!
    Achei a história de vocês por acaso, pesquisando sobre nômades digitais, e me inspirou muito. Obrigada por compartilhá-la!
    Estou fazendo a graduação de Engenharia Florestal, e estou em um momento muito reflexivo sobre minha carreira como profissional e minha vida. Tenho muita vontade de viajar o mundo, conhecer, e até morar em vários lugares, sem me prender a um lugar específico, ou ficar “presa” em um trabalho. Porém gosto muito do meu curso, o campo de atuação, o que ele pode oferecer.
    Gostaria muito de saber se você consegue atuar na profissão e viajar sempre que quiser, viajar exercendo-a, ou se você não atua mais.. que conselho você me daria.
    Existem muitas profissões que permitem que se viaje trabalhando, mas não sei se a Engenharia Florestal tem essa oportunidade.
    Ótima jornada pra vocês!

    • Oi Jade,

      como nômade Digital é um pouco difícil de trabalhar com a Engenharia Florestal, mas é bem fácil de morar em diversos países. Como você ainda esta fazendo graduação, pq não fazer um intercambio? Não sei em qual Universidade vc estuda, mas existem diversos programas interessantes. Friburg, na Alemanha, Quebec no Canada e por aí vai. Não são poucos países que vc vai poder trabalhar depois de formada também, mas depende da tua área de atuação.
      Quando eu trabalhava na Industria, tive a oportunidade de viajar para os EUA, Chile, Hungria e Romênia. Eu trabalhava mais na área comercial e de desenvolvimento de mercado. Existem muitas possibilidades dependendo da tua área da atuação, até mesmo se atuar na pesquisa. O problema dai é o dinheiro, que é mais escasso e depende muito das parcerias e convênios.
      Se eu fosse você iniciaria já com um programa de intercambio, ainda na graduação. Depois de formado temos a tendencia a nos focarmos bastante no trabalho e ficamos com um pouco de medo de arriscar.

      Boa sorte!

  22. Ola, Guilherme
    Na Internet consigo ver somente comentarios seus e de leitores somente ate 2015.
    Como acompanhar suas atividades e viagens – sempre fantasticas – nos dias atuais?

    • Oi Evando,
      Por aqui mesmo! Se olhar, os posts de Senegal, Gambia e Guine-Bissau são de 2016.
      Logo tem novos posts.
      Pode me acompanhar na página do Facebook é Instagram também.
      Obrigado pelo elogio.
      Abraço

  23. Ola Guilherme; Tomei conhecimento do seu site no “the best travelled people”, do qual sou “sócio”, sou fanático por viagem e achei seu blog muito interessante.
    Como você já viajei muito, mais de 150 países ONU, outros tantos que não existem além de outros tantos que poderiam existir. Gosto de “curitr” cada lugar, se possível passar um tempo e me sentir “quase” local, aprender um pouco a língua e cultura, provar a comida local, etc. Também já morei em vários países como Argentina, USA, UK, Alemanha, França, Malasia, Indonesia e China, a maioria a trabalho. Obviamente que para ter tempo de ter tido tempo para fazer tudo isto sou “um pouquinho” mais velho que você…… De qq forma gostaria de um conselho, sempre pensei em escrever sobre as minhas viagens, porem não tenho o “dom” como você parece ter. Você fez algum curso ou treinamento para escrever? Muito obrigado, e um grande abraço

    • Oi Ricardo, tudo bem?!
      Nunca fiz nenhum curso, fui aprendendo na pratica mesmo. Obrigado pelo elogio!
      Existem alguns cursos sim, já ouvi falar bem de alguns. Onde você mora? Posso te indicar alguns.
      Que legal que teve a oportunidade de morar em tantos lugares!Eu só morei nos EUA duas vezes. Muito bom para fazer viagens nos arredores, né? Eu pretendo morar na Oceania um dia, para explorar aquele continente. Nunca fui para nenhum país lá.
      Não achei teu perfil no The Best Travelled. Esta como outra nacionalidade? Dos sócios só aparece um Brasileiro e 3 portugueses que visitaram mais de 150 países da ONU.
      Tem algum blog/site para eu acompanhar tua viagens?
      Abração

  24. Ola Guilherme, atualmente more no Brasil, em Fortaleza, creio que meu perfil no best travelled ainda esta com Indonésia, mas com certeza nacionalidade esta brasil, não sei se já esta mais de 150 países pois faz um tempo que não atualizo o perfil, mas sigo recebendo o newsletter, na verdade parei de atualizar quando eles pediram para colocar “Provas” que de vista aos países, pois teria que buscar muitas fotos, além do fato que em muitos países não tenho carimbo no passaporte, pois tenho dois (tenho Português também, e já descartei alguns antigos. Também no meu perfil creio que esta como Sergio (Meu nome eh Sergio Ricardo)…..Se precisar algumas dicas da Oceania estou a disposição, como morei muito tempo na Indonésia ia muito para lá, Austrália, NZ, Fiji, Vanuatu, Tonga, Samoa, Micronésia, Marshall Islands, Palau, Guan…..vale a pena eh incrível, creio que não ilhas e praias mais bonitas, nem Caribe, nem Indico……Grande abraco

    • Ah sim, Sergio Ferreira, esta no Brasil!
      Meu filho nasceu ano passado. Quem sabe não passo uma temporada na Oceania para ele aprender inglês antes da idade escolar. Vamos ver.
      Esta questão de provas é complicado. Eu também tenho passaporte italiano. Mesmo para a Europa depois de entrar não carimbam os nossos passaporte faz tempo. E eu não sou de tirar fotos minhas. Tem vários países que não tenho nenhuma foto minha. Mas a ideia do site é ótima, até para te colocar em contato com pessoas que podem te dar dicas. Quando eu for para as ilhas da Oceania já sei a quem recorrer 😉
      Em Fortaleza não conheço ninguém, mas aqui em Curitiba tem uma Escola de Escrita que tem sido bem falada. SP sei que sempre tem cursos também.
      Quando vier para o sul vamos combinar de tomar um café!
      Abraço!

  25. IMuito obrigado, se você vier por aqui para Fortaleza me avise, podemos nos encontrar para tomar uma cerveja (aqui eh muito quente para café…….) Grande abraço

  26. Hello! I found your blog while searching for information on travel to Burkina Faso. There are few accounts online of travel to that country, so i was delighted to find your site. I don’t speak or read Portuguese, but i pasted the text into Google translate and read the whole post. Terrific information and pictures. I travel to Burkina Faso next month and your post has made me more excited for the trip. Thank you.

    • Hello Dale!
      You will definitely enjoy Burkina faso! Great country and friendly people. If I can help you somehow just let me know!
      There is a translate tool on the top right side of the blog, you can use to read about other countries (+120 so far).
      Enjoy!!
      Safe travels!

  27. Olá Guilherme!
    Acabei de ver a entrevista de vocês no Jô, não sei nem como cheguei a ela , mas fiquei encantada! Já viajei um pouquinho por aí, mas ainda vou planejar uma volta ao mundo como essa. Gostei de ver como você é positivo em relação à segurança. Me considero assim tbm, e sempre vou de peito aberto.

    Só uma pergunta, e talvez a Bianca fosse mais indicada para responder, mas vamos lá: você acha que seria tranquilo uma mulher fazer uma viagem dessa sozinha? Creio que com comunicação e disposição para passar por perrengues (que acontecem sozinho ou acompanhado) é possível… o que acha?

    Parabéns pela viagem, pelos livros (vou comprá-los em breve) e que lindo ver o companheirismo de vocês e que agora o filhote já os acompanha. Com certeza quem faz uma viagem dessa dificilmente se adapta aos moldes tradicionais depois.

    Grande abraço de Minas!
    Veridiana

    • Obrigado pela mensagem Veridiana! Claro que é possível! Encontramos muitas mulheres viajando sozinhas. A Bianca sempre fala que não conseguiria ir sozinha, mas não por medo, pela questão pratica mesmo, sabe? Mesmo assim ela foi sozinha me encontrar na Tanzânia, e voltou, parando inclusive na Africa do Sul.
      Tenho visto mais e mais brasileiras viajando sozinhas e acho que este numero só vai aumentar.
      No mundo tem muito mais pessoas boas do que ruins, é só tomar os cuidados básicos.
      Vá nos contando dos seus planos!
      abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s