Vistos complicados 1

Nossas experiencias com vistos sempre foram muito boas. Incrível como está bom viajar com o passaporte brasileiro. Tiramos a maioria dos vistos nas fronteiras, e tivemos que visitar poucas embaixadas. Mesmo nos países que tivemos que aplicar o visto nas embaixadas, o processo sempre foi rápido. Para o Iêmem pediram uma carta do Consulado Brasileiro, para o Vietnã fizemos a aplicação on-line, mas nada de mais. Nosso conceito de “empenho” para visto era ter que ir para São Paulo tirar o visto americano (que sempre saiu fácil) ou ter que esperar uma semana para o visto indiano (que droga, tivemos que ficar mais este tempo na Tailândia!!rs).

Mas não e assim para todos os lugares. A burocracia existe. Nossos amigos que visitaram o Iram falavam de meses esperando um código de liberação, para só assim poder dar entrada no visto. A carta convite era necessária para quase todos. Estive nas embaixadas Iranianas em Saana e Muscat, junto com o Guru. Pelas rápidas conversas, percebi que o passaporte brasileiro poderia ajudar mais uma vez.

Enquanto americanos precisam fazer parte de um grupo para visitar o Irã, a necessidade de documentos para brasileiros e bem mais tranquila: são duas vias do formulário, duas fotos 3×4, e pagamento de taxa no banco. Tudo pode ser feito sem ajuda de intermediários, e enviado via sedex para Brasilia. teoricamente demora ate 15 dias uteis. O visto tem validade para 3 meses, mas so  pode permanecer um mês depois que entrar no país.

Como fui novamente para o Amapá a trabalho, tentei fazer a aplicação antes da viagem, mas me aconselharam fazer depois, pois o vencimento do visto ficaria muito próximo da entrada do pais. Pra encurtar a historia, mandei todos os documentos e o carnaval e o Nowrus acabaram atrapalhando as coisas. A data da minha passagem ia se aproximando, e eu ligava diariamente para saber a situação. Sempre muito simpáticos, falavam que não haveria problemas. Eu já precisava dos nossos passaportes para solicitar carta convite para outros lugares, e tudo parecia que ia dar errado. As ligações passaram a ser toda manha e tarde, mas nada!!

No dia que o Brasil votou contra o Irã na ONU a respeito dos direitos humanos, saiu meu visto. Estranho foi ver a matéria numa pagina da internet, onde a noticia ao lado era sobre policiais tentarem levar um jovem baleado num hospital mais longe, PARA DAR TEMPO DELE MORRER. A hipocrisia não foi suficiente para melar nosso visto, nem para conceder a tão sonhada vaga do Conselho de Segurança na ONU para o Brasil (esta vaga sim, melada pelos EUA).

Os passaportes chegaram no sábado de manha (quase tive um treco de nervosismo!), a tempo para nossa viagem que seria na quarta. Surgiram problemas pessoais e tivemos que adiar umas semanas, mas finalmente chegou a hora!!

Valido para o ano 1390!!!

Anúncios